Perguntas frequentes

Nesta página, você encontrará respostas de possíveis questões sobre a base da dados PEDro:

São utilizados critérios específicos para determinar quais ensaios clínicos, revisões sistemáticas e diretrizes de prática clínicas baseados em evidência serão indexados no PEDro. Nós localizamos (e continuamos localizando) ensaios clínicos, revisões e diretrizes de diferentes modos:

  1. Os doutores Rob de Bie e Riekie de Vet, do grupo de Reabilitação e Terapias Relacionadas da Colaboração Cochrane cederam-nos, generosamente, sua base de dados de ensaios clínicos aleatorizados na área da reabilitação. Esses colegas, também nos enviaram detalhes de ensaios clínicos na área da Fisioterapia, identificados manualmente pelo Nederlands Paramedisch Institut em cerca de 200 revistas da área da saúde (lista dessas publicações podem ser encontradas no site do Nederlands Paramedisch Institut). Mais recentemente, também nos enviaram cópias de diretrizes holandesas.
  2. Esses dados foram complementados com base de dados pessoais de membros da Comitê diretor do PEDro Partnership.
  3. Depois, realizamos buscas otimizadas em quatro bases de dados (Medline, Embase, CINAHL e PsycINFO). Atualmente, nós realizamos essas buscas de forma automática e otimizada.
  4. Nós pesquisamos também cada nova publicação da Cochrane Database of Systematic Reviews e da Cochrane CENTRAL Register of Controlled Trials.
  5. Pesquisamos na internet a existência de diretrizes de prática clínica. A estratégia geral consiste em pesquisar bases de dados de diretrizes de pratica clínicas e buscar os links existentes nesses sites.
  6. Nós checamos também todas as referências bibliográficas das revisões sistemáticas indexadas na base de dados PEDro.
  7. Finalmente, os "Amigos do PEDro" e os usuários da base de dados nos ajudam informando sobre a existência de ensaios clínicos que não estão indexados no PEDro, através do entre em contato.

Nós indexamos qualquer ensaio clínico, revisão sistemática ou diretriz que preencha os critérios de inclusão da base de dados (ver abaixo), independentemente da data de publicação. No momento em que este texto foi escrito, o registo mais antigo foi de um ensaio clínico publicado em 1929.

A base de dados é atualizada uma vez por mês, geralmente na primeira segunda-feira de cada mês.

Se você tiver conhecimento de um ensaio clínico, revisão ou diretriz que você acha que deveria estar indexado no PEDro, mas que não está, por favor, nos avise. Primeiramente, verifique se o mesmo atende os critérios de inclusão. Se sim, por favor entre em contato conosco. Quanto mais detalhes você puder nos enviar, maior a probabilidade de localizarmos a publicação em questão. Se você for o autor do artigo que você acha que deveria estar indexado no PEDro, mas que não está, por favor, nos envie uma cópia do artigo.

Os ensaios clínicos (mas não as revisões ou diretrizes) são classificados através de uma escala (denominada "escala PEDro"). A escala PEDro considera dois aspectos relativos à qualidade do ensaio clínico. Um é conhecido como validade interna e o outro é o fato do ensaio clínico apresentar informação estatística suficiente para torná-lo interpretável. A escala PEDro não julga a validade externa do ensaio clínico, nem a magnitude do efeito de tratamento.

Para avaliar a validade interna, nós procuramos por uma confirmação inequívoca de diversos critérios, incluindo a alocação aleatória dos grupos do estudo, alocação secreta, comparabilidade dos grupos na linha de base, cegamento de pacientes, terapeutas e avaliadores, análise por “intenção de tratar” e adequação do período de follow-up. Para avaliar a interpretabilidade, nós verificamos a existência de comparações estatísticas entre grupos, estimativas e medidas de variabilidade. Estes critérios formam uma escala com 10 items. Os ensaios clínicos são classificados de acordo com as informações reportadas. Se um ensaio clínico não fizer referência específica a determinado critério, o mesmo será julgado como inexistente ("culpado até que se prove o contrário").

Com exceção de dois items da escala de PEDro, todos os demais itens se baseiam em uma lista adquirida em um estudo do tipo Delphi, desenvolvida por Verhagen e colaboradores. A lista proveniente do Delphi consiste em uma lista de características de ensaios clínicos que são consideradas como indicativos da sua qualidade por um grupo de especialistas em ensaios clínicos (para obter mais detalhes, consulte Verhagen et al, J Clin Epidemiol 1998;51:1235-41). A escala PEDro inclui items adicionais, relativos à adequabilidade do período de follow-up e comparações estatísticas entre grupos. Um item da lista proveniente do Delphi (relativo a critérios de elegibilidade) é relacionado com a validade externa, o que não reflete as dimensões de qualidade avaliadas pela escala PEDro. Este item não é utilizado para calcular a pontuação da qualidade metodológica que é apresentada nos resultados da busca (razão pela qual 11 items da escala fornecem u escore de 10 pontos). No entanto, este item foi mantido, de modo que todos os itens da lista proveniente do Delphi estejam representados na escala PEDro.

O "escore do PEDro" é determinado, simplesmente, através da contagem do número de itens da escala presentes no ensaio clínico. Quando se faz uma busca na base de dados PEDro, o escore do PEDro é utilizado para que os ensaios clínicos sejam apresentados por ordem, na página dos resultados da pesquisa. As revisões sistemáticas e diretrizes de prática clínica não são pontuados pela sua qualidade metodológica (apenas apresentam a sigla "N/A", que significa "não aplicável"). Nos resultados da busca, as diretrizes são apresentadas em primeiro lugar, por ordem de ano de publicação (sendo que os mais recentes aparecem primeiro). Em seguida, são apresentadas as revisões sistemáticas, também ordenadas por ano de publicação.

A classificação dos ensaios clínicos é feita por examinadores que trabalham no PEDro ou por Fisioterapeutas voluntários. Todos os examinadores recebem treinamento, que envolve prática com feedback. Outros três mecanismos são utilizados para garantir a qualidade das classificações. Em primeiro lugar, todos os ensaios clínicos são julgados duas vezes. Quando não existe consenso, um terceiro avaliador faz avaliação do ensaio clínico. Dizemos que as classificações não estão confirmadas até que o ensaio clínico tenha sido classificado duas vezes e que as discordâncias tenham sido resolvidas por um terceiro avaliador. Quando isso é feito, dizemos que as classificações estão confirmadas. Em segundo lugar, fazemos verificações informais e não sistemáticas da qualidade de alguns julgamento. Por último, utilizamos um mecanismo criado para que os usuários do PEDro possam contestar as classificações atribuídas (consulte abaixo a secção "O que posso fazer se eu discordar da classificação atribuída a determinado ensaio clínico?").

Um artigo que descreve a confiabilidade da escala PEDro na classificação de ensaios clínicos aleatorizados foi publicado por Maher et al (2003).

Um artigo que compara a escala PEDro e a escala de Jadad na classificação da qualidade de ensaios clínicos aleatorizados foi publicado por Bhogal et al (2005).

Um artigo avaliando a validade da escala PEDro foi publicado por de Morton (2009).

Por favor, Entre em contato conosco se você discordar da classificação atribuída a algum ensaio clínico específico. Você vai precisar nos informar o autor, título e fonte bibliográfica do ensaio clínico em questão, assim como nos informar sobre a razão pela qual considera que o ensaio clínico foi classificado de forma incorreta. Se existir algum detalhe em especial que o leve a contestar a classificação, nos indique a seção do artigo (número da página, número da coluna, número do parágrafo, número da linha) para que essa informação possa ser localizada. Reavaliaremos todos os ensaios clínicos cuja classificação tenha sido contestada. Apesar de ficarmos gratos pela colaboração, não conseguimos responder individualmente a todos os que contestam classificações atribuídas a ensaios clínicos.

Cada artigo no PEDro é categorizado por uma série de códigos PEDro para cada subdisciplina de fisioterapia, assim como para cada intervenção, problema, tópico e parte do corpo que recebeu tratamento. Esses códigos são utilizados para fins de busca.

Poderão existir erros na indexação de determinado registo (por exemplo, erros de digitação, fonte referida incorretamente, ou registo categorizado incorretamente). Se você detectar um erro, por favor entre em contato conosco. Corte e cole o registo completo, a partir dos “Resultados Detalhados de Buscas”, na sua mensagem eletrônica e indique quais erros de indexação estão presentes. Apesar de ficarmos gratos pela colaboração, não conseguimos responder individualmente a todos os que nos alertem da existência de erros de indexação.

Procuramos, permanentemente, por voluntários que nos auxiliem na localização, cópia e classificação de ensaios clínicos, revisões e diretrizes. Caso você queira nos ajudar de algum modo (por exemplo, ajudar a classificar ensaios clínicos na sua área de interesse), por favor entre em contato. Você também pode se inscrever no nosso newsletter no final desta página, cujo objetivo é manter os usuários informados sobre as últimas atualizações do PEDro. Você pode se tornar um "amigo do PEDro" em qualquer canto do mundo. Neste momento, o PEDro está à procura de apoio financeiro. Se você tem conhecimento de uma potencial fonte de financiamento, por favor nos avise. (É importante ressaltar que o PEDro aceita apenas financiamento na condição de manter completa independência editorial dos financiadores).

Inscreva-se na Newsletter do PEDro para receber as últimas notícias